Notícias

22 junho 2012

Curiosidades

Luí Sales Jr. e Marcelo Carvalho, atual e respectivamente, baixista e baterista do Rockmóvel, faziam, nos anos 80, parte de uma banda chamada Bluet, com seus amigos Vinicius Ottoni e Cabeto. Dentre as muitas histórias que eles contam sobre essa época, entre elas a do tal Rockmóvel que levava a galera para os shows, a mais célebre é a de como eles quase se tornaram uma ameaça ao Sr. Paulo Ricardo e sua banda. Luí conta abaixo um resumo da história de como a banda Bluet, em julho de 1987, foi apresentada ao famoso Fernando Mansur e quase foi contratada pela BMG-Ariola.

Em um final de semana estávamos eu, Cabeto, Marcelo e Vinicius ensaiando como fazíamos sempre. Era no quarto do Vinícius que rolava o som. Sua mãe estava com convidados na sala e, de repente, surgiu no quarto uma menina que ficou encantada com a banda. Era o aniversário dela. Fomos convidados para a festa. Na festa, rolou o burburinho de que havia uma banda presente e esse fato chegou aos ouvidos de uma pessoa importante que quis nos conhecer. Essa pessoa era Fernando Mansur. 

Na época Mansur comandava a Rádio cidade e era um dos diretores da BMG-ARIOLA. Vinícius Ottoni, vocalista, convidou Mansur para um ensaio na semana seguinte, uma vez que, o mesmo mostrou-se interessado no trabalho da banda. No dia marcado, apesar de ter se atrasado, o convidado apareceu. 

Pensamos na seguinte estratégia, tocar três músicas que já estavam preparadas e depois mostrar resto do material. Esse foi o grande erro! Quando terminamos Fernando Mansur disse que se tivéssemos apresentado só as três primeiras músicas, gravaríamos no dia seguinte. Ao tocar o material todo, mostramos, também, os erros, o amadorismo a falta de técnica..., diz Luí Sales Jr. 

Mansur chegou a comentar que a BMG precisava de uma banda que concorresse com o RPM (lançado pela EMI) e que a Bluet se assemelhava muito com eles e que poderia ter sido uma arma contra a concorrente. Marcelo Carvalho, baterista da banda, diz que na verdade a banda ainda era muito crua e que não estava realmente preparada, na época, para tal empreitada. 

Ficou a lição, completa Luí.
Read

14 junho 2012

Para o Web FestVALDA, o rock acaba aos 40.

Quando este blog foi criado, um dos critérios seria de que o mesmo só deveria ser usado para divulgação da banda Rockmóvel. Opiniões particulares, tanto dos membros da banda quanto da equipe de suporte do blog, deveriam ser publicadas por meios particulares.

Porém abrirei uma exceção, já que a opinião é particular, mas o assunto tem haver com a banda.

Ontem recebemos através do Facebook da banda um convite para nos inscrevermos no Web FestVALDA, um festival de música promovido pelo Laboratório Canonne. Logo no início do regulamento do festival ficou claro que o mesmo se destinava a estudantes universitários que fossem membros de banda nova (?). 

Como na nossa banda ninguém está atualmente cursando universidade (que eu saiba), logo perdi o interesse na inscrição, mas não no regulamento e prossegui lendo, até que esbarrei em uma das cláusulas do aludido documento.

No item 3.1 do capítulo "Da formação da banda" está disposto que a idade de CADA UM DOS INTEGRANTES deve ser de no mínimo 18 anos e no máximo 40 anos. O Web Festivalda deixa claro que, a banda que tiver entre seus membros músicos com 40 anos ou mais, mesmo que universitários, será desclassificada.

O fato de o festival ser voltado exclusivamente para os músicos universitários é, mesmo que questionável, tolerável, mas no caso da cláusula que impõe idade máxima de 40 anos, completados até 31 de julho de 2012, não dá pra engolir.

Limitar a idade mínima eu concordo, afinal, qualquer pessoa que não tenha completado 18 anos não é plenamente capaz de exercer e, ou, praticar todos os atos da vida civil. Mas quanto a idade máxima, não  dá pra concordar.

Dois membros do Rockmóvel já ultrapassaram a barreira imposta pelo festival e tem mais de 40 anos e os outros três restantes logo estarão quarentões também. Estamos em plena atividade musical, compondo, nos apresentando e contribuindo para a cultura nacional. Nossa insistência em continuar tocando rock n´roll, ou melhor dizendo, nossa longevidade na carreira musical (cada um de nós tem pelo menos 20 anos batalhando nesse ramo) não deveria ser um empecilho para a divulgação do nosso trabalho.

Sei que não é intenção dos organizadores desrespeitar os músicos mais antigos, entendo que o festival é deles e eles fazem as regras que quiserem, mas me sinto desprestigiado e venho a utilizar este espaço para transmitir minha indignação. Limitar a participação de bandas por seus membros não terem a oportunidade de passar no vestibular para universidades públicas ou grana pra bancar as particulares é uma coisa, mas limitar por velhice é ruim de aturar.

E ainda dizem que a vida começa aos 40...

Hoje é rock off!

Marlo George.
Read

06 junho 2012

Hoje no Rock (06/06)

Há exatamente 06 anos a banda Rockmóvel era fundada. No dia 06 de junho de 2006, Marlo George era aprovado para integrar a banda Destróier, sendo este fato o início de um novo ciclo na banda. Pouco tempo depois a banda deixaria de se chamar Destróier, para assumir o nome Rockmóvel, sendo que esta mudança era uma consequência deste novo ciclo.

Em 06/06/2007 - A banda Rockmóvel toca no Bob Shaw Tattoo Festival.

Outros fatos importantes na história do rock:

Nascimentos

06/06/1960: Nasce Steve Vai
06/06/1961: Nasce Tom Araya (Slayer)
06/06/1944: Nasce Roger Fraser (Tangerine Dream)
06/06/1944: Nasce Peter Albin (Big Brother & The Holding Company)
06/06/1944: Nasce Clarence White (Flying Burrito Brothers, The Byrds)
06/06/1959: Nasce Nick Bowcott (Grim Reaper)
Em 06/06/1970: Nasce James Shaffer (Korn)

Mortes

06/06/1996: William A. Palmer, inventor da fita magnética, morre aos 87 anos
06/06/1995: Sims Ellison, guitarrista e vocalista do Pariah, comete suicídio

Fatos importantes

06/06/1962: Os Beatles fazem um teste com o produtor George Martin
06/06/1971: John Lennon e Yoko Ono participam de uma jam-session com Frank Zappa
06/06/1972: David Bowie lança o "Ziggy Stardust And The Spiders From Mars"
06/06/1960: Tony Williams, principal vocalista do The Platters, deixa a banda
06/06/1956: Editado "Be Bop a Lula" de Gene Vincent.
06/06/1969: Rod Stewart assina contrato e inicia sua carreira solo
06/06/1970: Crosby, Stills, Nash & Young editam o compacto "Teach Your Children"
06/06/1971: Chega ao fim o "The Ed Sullivan Show"
06/06/1992: O musical "Tommy", produzido na Broadway, ganha quatro Tony Awards
06/06/1987: O Genesis se torna o primeiro grupo a permanecer um ano na parada inglesa
06/06/1989: Editado o auto-intitulado álbum de estréia do Badlands
06/06/1979: Def Leppard desperta a atenção da gravadora Phonogram
06/06/1993: O Velvet Underground se reúne para uma apresentação
Read